Como calcular juros de parcelamento no crediário?

O cálculo de juros no parcelamento de vendas é uma prática comum em muitas empresas e pode ser uma fonte de renda adicional. No entanto, é muito importante que os comerciantes saibam como calcular juros de parcelamento de maneira correta e justa.

Existem diferentes maneiras para calcular juros no parcelamento de vendas, e a escolha do modelo mais adequado dependerá das políticas da empresa e de cada método de pagamento.

Alguns fatores que devem ser levados em consideração incluem a taxa de juros aplicada, o número de parcelas e o valor total da venda.

Além disso, é fundamental que os comerciantes informem aos clientes sobre a cobrança de juros de forma clara e transparente, evitando qualquer mal-entendido.

Quer saber mais sobre isso e como calcular juros no crediário? Acompanhe a leitura!

COMO CALCULAR JUROS DE PARCELAMENTO?

Existem diversas redes de lojas que costumam cobrar juros de parcelamento. Entretanto, muitos lojistas de porte menor ainda têm receio de fazer essa cobrança, porque a concorrência não faz. 

Porém, é fundamental entender que cada loja tem a sua realidade financeira!

Lembre-se: não é porque no outro lado da rua o concorrente vende em até 10 vezes, que você também precisa vender. O mesmo acontece com juros de parcelamento.

Tendo isso em vista, sempre tentamos esclarecer aos nossos clientes que boa parte da resistência para este tipo de ação acaba ocorrendo internamente.

Agora, se você já está com a iniciativa de cobrar juros no momento do parcelamento, existem algumas estratégias para isso.

Nós gostamos da estratégia do sem juros também, mas em até determinando parcelamento. Por exemplo: Até 3x sem juros, de 4 a 6x com juros ao mês.

Mas então, qual a taxa de juros cobrar?

Isso depende do seu segmento! Se é de calçados, confecções e óticas, é possível pensar em algo como 1,99% ao mês.

Outro ponto é não cobrar direto no produto. Por exemplo: R$100 no crediário, fica R$110 (esse é o velho modelo de 10% de desconto à vista que não concordamos).  Aqui no Meu Crediário acreditamos e entendemos que elas são duas estratégias diferentes.

O percentual que você dá como desconto (que não deveria dar), serve como balizador do quanto você suporta de perda com inadimplência, mas sempre pensando em remunerar o capital.

Já tinha pensado através desse ponto de vista?

ALGUMAS DICAS IMPORTANTES:

1. Existem diferentes métodos de cálculo de juros:

Existem diversas maneiras de calcular juros no parcelamento de vendas, incluindo o método da taxa de juros simples, o método da taxa de juros composta e muitos outros.

Isso varia também de acordo com o modelo de pagamento. Cada método tem suas vantagens e desvantagens, e é importante escolher o mais adequado para a política da empresa.

2. É importante informar aos clientes sobre a cobrança de juros:

É fundamental que os empresários deixem claro para os clientes que há uma cobrança de juros no parcelamento de vendas, para evitar mal-entendidos e descontentamento.

Isso pode ser feito por meio de contratos, etiquetas nos produtos ou informações no seu site.

3. Existe uma legislação que regula a cobrança de juros:

Em alguns países, existem leis que regulam a cobrança de juros no parcelamento de vendas, limitando as taxas que podem ser aplicadas e estabelecendo regras para a informação que deve ser fornecida aos clientes.

É importante conhecer essa legislação local e estar em conformidade com ela.

4. Calcular os juros de parcelamento de forma correta:

Para calcular os juros de forma correta, é preciso levar em consideração a taxa de juros aplicada, o número de parcelas e o valor total da venda.

Além disso, é necessário estar atento a eventuais taxas adicionais e também compreender a organização financeira da sua loja para que todos saiam ganhando entre essas vendas e essas compras. Aqui você pode ter acesso a nossa planilha de cálculo de juros nas parcelas do crediário!

No nosso canal do Youtube, lançamos um vídeo especial com dicas que vão te ajudar a calcular os juros de parcelamento na sua operação de crediário, confira clicando abaixo!

CONCLUSÃO:

O cálculo de juros no parcelamento de vendas é uma questão importante para empresas que oferecem essa forma de pagamento.

É essencial que o lojista entenda os diferentes métodos de cálculo, esteja em conformidade com a legislação local e informe os clientes de forma transparente sobre a cobrança de juros.


Portanto, ao calcular os juros de forma correta e justa, é possível usar a cobrança de juros como uma fonte adicional e uma 
segurança maior em relação às inadimplências, enquanto oferecem aos clientes uma opção de pagamento flexível.

No entanto, é sempre importante lembrar que a cobrança de juros no parcelamento de vendas deve ser feita com responsabilidade e ética, garantindo uma relação de confiança com os clientes.


Gostou de saber mais sobre isso? Então não perca mais tempo gerenciando seu crediário de forma manual e arriscada. 
Entre em contato com nossa equipe de especialistas e descubra como o Meu Crediário pode transformar o seu negócio.


E não deixe de conferir 
nosso blog e redes sociais, onde compartilhamos dicas e insights valiosos para ajudar você a impulsionar suas vendas e se destacar no mercado.

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais!

Assine e receba nossos conteúdos exclusivos

Receba conteúdos completos sobre gestão de crediário, análise de crédito e mais.

Siga o Meu Crediário nas redes sociais

Você vai se interessar também

lojista, não perca tempo! Aproveite o carnaval de descontos e contrate agora.

Dias
Horas
Minutos
Segundos

*PROMOÇÃO VÁLIDA DE 05 FEV À 29 FEV